Você sabe a maneira correta de regar a cannábis?

Saber como regar a planta de maconha corretamente desde seus primeiros dias de vida é fundamental para ter Buds gordos e saudáveis.

Confira passos importantes na 

hora de regar com água ou alimentar seu pé de cannábis com soluções nutritivas e obtenha os melhores resultados ! 

período pré-Vegetativo e Vegetativo

Sabemos que é justamente o movimento de ir em busca da água que faz com que as raízes da planta de cannabis cresça para se esticar da parte mais seca do vaso para a mais úmida e é por isso que vemos no vídeo do Paz Infinita que é importante regar a terra ao redor do vaso, de maneira que as novas raízes partam do centro do caule rumo às bordas e essa técnica ou forma de regar, provoca a planta a ocupar todo o vaso com as raízes.

Acrescente a esta técnica de regar à canábis o uso esporádico do enraizante de lentilha e você tera ainda melhor rendimento por um custo benefício interessantíssimo. 

Pela mesma lógica nosso manual de germinação sempre recomenda observar que o papel toalha ou guardanapo nunca esteja encharcado, e sim ligeiramente úmido pois o que provoca a saída da primeira raíz da semente é o fato de ela estar indo em busca da água. O que não acontece na germinação feita diretamente em água. Na germinação só em água a raiz apenas rompe a casca e logo já para de se estirar porque não precisa ir em busca da água que já está ali.

Uma vez germinada, a semente pode ir pra terrinha que você preparou. Caso não tenha idéia de como preparar um bom substrato visite o vídeo para ter uma idéia do que podemos fazer:

 

Uma vez que você coloque a semente recém germinada na terra, você vai precisar de um borrifador de água para regar quando preciso provocando o mínimo de deslisamento de terra.

Durante todo o Período Vegetativo até o começo da floração iremos regar nossas plantas de maconha observando a lógica mostrada no minuto 0:58 do vídeo.

Não iremos regar a cannabis novamente até que tenhamos verificado que a terra já está totalmente seca!


O mesmo serve para quando estivermos aplicando chás de húmus de minhoca ou chá de banana, ou na hora de regar com apenas água. E SEMPRE será preciso observar a regra de só voltar a regar nossa cannabis quando a terra estiver totalmente Seca.
 

Por essa Razão nosso irmão @lombradaliamba fez questão de compartilhar com a família pazInfinita a adaptação de uma técnica anscestral do cultivo de maracujá mas que se encaixou perfeitamente à realidade do cultivo cannábico.

A técnica consiste em furar o vaso totalmente e com um pouco de paciência o que obteremos é um efeito de drenagem similar ao dos vasos de alta tecnologia comercializados hoje pelos melhores growshops do planeta.

Como regar a Canábis durante a floração

Durante a Floração, se tivermos feito tudo certo, aos surgirem as primeiras pré-flores, nossas plantas de maconha estarão com suas raízes desenvolvidas por todo seu vaso.


Porém, assim como os tomates, as nossas plantas de maconha precisarão de muito mais água do que vinham recebendo no vegetativo. Outra vez mais é preciso EQUILíBRIO na dosagem PARA NÃO ENCHARCAR AS RAíZES E acabar afogando a planta.
É preciso que a drenagem do nosso vaso esteja perfeita para que a água circule e para que nossa planta de maconha tenha sempre disponível uma água fresca e com bom nível de oxigênio.
Por isso, em momento algum utilizaremos por baixo dos nossos vasos aqueles famosos pratinhos da dengue. Porque a água acumulada pode facilmente apodrecer as raízes matando nossa planta.


Ao se aproximar da colheita é preciso suspender os chás de engordar buds e garantir que as raízes estejam bem lavadas.

A Água ideal para regar

A água ideal para regar sua planta de cannábis pode ser a que você estiver em mãos, desde que você cuide do Ph, para que ele esteja entre 6.0 e 6.8. Pois regar com água ou solução nutritiva altera o Ph e se você não levar isso em consideração pode desequilibrar o seu set-up.

A água da chuva por exemplo , em geral tem um ph de 5.5 ou 6.0 e portanto é boa para regar as plantas. Agora a água da torneira ou a água que vem engarrafada em geral tem um Ph de 7.0 ou mais e aí já começa a ficar ruim para regar as plantas.

Nesses casos a dica é deixar a água repousar em contato com oxigênio por 48h ou mais para a evaporação do cloro e outros sais antes do uso. Outra opçaõ é colocar de 1 a 5 gotas de vinagre branco por Litro de água para abaixar o Ph logo antes do uso.

Lembre-se que a temperatura da água também é importante. Água fria demais vai estressar a planta e água quente demais pode cozinhar as raízes (por isso cuidado na hora de aplicar os chás). O ideal é temperatura ambiente (23°C)

TRANSPLANTE

SEM

STRESS

VEJA MAIS MATÉRIAS EM AUTO-CULTIVO

Faça a sua parte pela legalização! Compartilhe esse artigo !

© desde 2015 PazInfinita.com